segunda-feira, 24 de maio de 2010

O Twitter de Deus


Fenômeno no Twitter, personagem que se apresenta como "criador do universo" fala sobre publicidade, marketing e outros assuntos divinos
Personagem popular do Twitter usa sua sabedoria divina para analisar a publicidade brasileira e mundial
Ele é onipresente, onisciente, onipotente e, já há algum tempo, também está online. De fato, os publicitários e todo o resto da raça humana têm muito a aprender com O Criador, seja pelo site SAC Divino, pelo Twitter (onde tem 260 mil "fiéis" seguidores - clique aqui para acessar) ou pela rádio Mix FM.
Veja os conselhos dados por Ele nessa reveladora entrevista, concedida à coluna Sapo de Fora do jornal Meio & Mensagem, publicada na edição 1409, que circula com data de 17 de maio.
Meio & Mensagem - Se todos os publicitários do Brasil pudessem ler essa entrevista, o que o Senhor diria a eles?
O Criador - Primeiramente, meus amados filhos, Eu os abençoo. E se os publicitários querem vender uma campanha de sucesso, devem apostar em um garoto-propaganda que dê a vida pela causa, em um produto que responda aos anseios de seu público-alvo e na garantia de que o que você oferece é muito melhor do que o produto de sua concorrência. Eis: Jesus, a salvação e o paraíso.
M&M - O Senhor acha que o que o Seu filho fez há mais de 2 mil anos é, mais ou menos, o que a publicidade faz hoje?
O Criador - Nossa gestão possui uma equipe de marketing muito mais eficiente do que toda a atual geração da publicidade, que se preocupa apenas com a compra de mídia em meios de comunicação de massa. Meu filho foi um visionário do marketing de guerrilha, que apostou na divulgação através do boca-a-boca. Veja bem, naquela época fizemos uma festa só com um pão, um vinho e 12 convidados e conseguimos gerar repercussão e buzz por mais de 2 mil anos. É verdade que, se não fosse por uma assessoria de comunicação eficiente, vocês jamais acreditariam em uma cobra falante, mas não se pode negar que transformar água em vinho foi uma excepcional jogada de mestre marqueteiro.
M&M - O que o Senhor pensa sobre a programação da televisão brasileira?
O Criador - Aproveitando que Eu ajudo a quem cedo madruga, os ditos profetas têm comprado todos os horários na madrugada das grades das emissoras. Entretanto, devo avisá-los de que o copo com água que eles mandam colocar sobre a TV só resolverá o problema se ele for sede. Advirto-lhes, ainda, que nenhum deles tem procuração para falar "em nome de Jesus" e, se as coisas continuarem dessa forma, o seriado mais famoso da televisão brasileira será Todo Mundo Odeia Cristo (uma menção à sitcom norte-americana Everybody Hates Chris).
M&M - E o que o Senhor acha dos intervalos comerciais atuais? O Senhor muda de canal na hora da propaganda?
O Criador - Filho, com os jingles sempre repetidos, com os roteiros previsíveis e sempre com os mesmos personagens, não precisa ser onisciente para saber o que acontecerá em cada propaganda e, no mínimo, desligar o aparelho.
M&M - Trazendo a questão para assuntos mais mundanos do que a publicidade, por que diabos afinal aquele vulcão explodiu, a terra tremeu no Chile e no Haiti e caiu uma chuva muito forte no Rio de Janeiro?
O Criador - Nossa gestão, em busca de conquistar novas almas para Minha causa, em época de mídia social, também tem apostado em virais, como a gripe suína - que, ao lado dos outros exemplos que citastes, é um de nossos teasers para 2012... Quem viver verá! (obs.: ninguém).
M&M - Se o Senhor está em todos os lugares ao mesmo tempo e sabe tudo sobre tudo, o que acha da produção publicitária do Leste Europeu?
O Criador - Obrigado por lembrar, amado filho. Atualmente, muita gente acredita que a única coisa que está em todos os lugares e sabe de tudo é o Google. Quanto à publicidade do Leste Europeu, ela é antiquada, voltada às mídias tradicionais, não dialoga com seu público, aposta em velhas equações defasadas e é baseada em fórmulas que unem cantoras de sucesso, jingles manjados e mulheres em trajes sumários. Assim como a brasileira...
M&M - Quais os próximos milagres que o Senhor pretende promover na esfera da publicidade?
O Criador - Já houve um grande milagre no meio midiático: a multiplicação dos pixels! Mas, sem dúvida, o maior milagre será fazer as grandes agências enxergarem que a mídia mudou e houve uma revolução copérnica: os consumidores não giram mais em torno das grandes agências e a mídia, assim como a Terra, não é mais chata nem o centro do universo.
M&M - O Senhor pode falar um pouco sobre a iniciativa do SAC Divino, um serviço que ajudou a melhorar a Sua comunicação conosco?
O Criador - Amado filho, em tempos de mídia digital, o - modéstia a parte - Todo-Poderoso aqui não poderia ser apenas onisciente, onipresente e onipotente; tinha de ser, também, online. Portanto, através do verbo "faça-se", inaugurei o Serviço de Atendimento ao Consumidor do Criador (www.sacdivino.org), pelo qual pretendemos ouvir atentamente e criticamente todos os diversos seres vivos existentes e transformar as informações coletadas em base para desenvolvimento de ações estratégicas; orientar os seres humanos, tendo total conhecimento do que está ocorrendo no Planeta Terra S/A; envolver as diversas áreas internas do Planeta Terra S/A nas questões trazidas pelos seres vivos, possibilitando o aperfeiçoamento dos produtos e serviços da Totalidade do Universo Corporation; e estabelecer, entre O Criador e todas as criaturas, uma comunicação única e personalizada, independentemente do sistema solar ou da galáxia na qual o erro na prestação de serviço foi reportado.
M&M - E quanto ao Twitter, qual o tamanho do Seu sucesso nessa rede social?
O Criador - Posteriormente ao SAC Divino, criamos o twitter @OCriador para divulgar as atividades de nosso serviço de atendimento. Atualmente, já possuímos mais de 700 mil visitas únicas em nosso Serviço de Atendimento e mais de 260 mil fiéis seguidores em nosso Twitter. Assumo que, desde o Velho Testamento, pouco tenho aparecido para Minhas amadas criaturas. Mas, em tempos de mídia socializada, acredito que essa foi a hora correta de, com o perdão do trocadilho, dar o ar da Minha graça.
M&M - Onde o Senhor busca inspiração para escrever seus textos?
O Criador - Nos quatro Ps, Meu filho: Profeta, Palavra, Paraíso e Penitência...
M&M - O Senhor emprestaria a Sua imagem para fazer propaganda de algum produto? Por quê?
O Criador - Já empresto todos os dias, Meu amado filho. Pois todos vocês, que são à Minha imagem e semelhança, diariamente fazem o papel de mídia ambulante, dada a socialização digital. O problema é que o Diabo está querendo comprá-los e - vou te dizer, hein? - tá barato pra caramba...
Fonte: Meio e Mensagem

Um comentário:

Pr. Marcos Crecchi disse...

Besterol também faz parte da espécie humana.